Blue Flower

Jorge Fernandes, de 56 anos, foi ontem eleito presidente da FPJ – Federação Portuguesa de Judo para o ciclo olímpico que termina em 2020.

 

Presidente da Associação de Coimbra e da Associação de Árbitros de Judo, Jorge Fernandes, que concorreu pela segunda vez ao comando da FPJ, viu atingido o seu objetivo de comandar os destinos do Judo nacional.

 

Com 42 votos, contra os 27 que preferiam o seu opositor António Leal, Jorge Fernandes conseguiu vencer as eleições do dia de ontem. Após a derrota de 2014 por 1 voto, o novo presidente conquistou agora uma vitória expressiva por 15 votos.

 

Para o conselho de arbitragem, foi eleito para presidenteo Nuno Carvalho, sendo assim reconduzido no cargo, com uma vitória de 42 votos contra 21 dos seu opositor e 1 voto nulo.

 

No Conselho Fiscal foi eleito presidente Vitor Antunes, com 42 votos favoráveis contra 27 do seu opositor.

 

No Conselho de Justiça foi eleito presidente António Borrego, com 42 votos contra 27 do seu opositor.

 

No Conselho de Disciplina foi eleito presidente Nelson Pratas, com 43 votos, contra 26 do seu opositor.

 

Já a Mesa de Assembleia Geral vai ser liderada por Sandra Godinho, que foi eleita com 43 votos, contra 26 votos do seu opositor.

 

A tomada de posse da nova direção está agendada para o próximo domingo, dia 22 de Janeiro, no Hotel D. Luís em Coimbra.

 

A JudoTuga deseja a todos os eleitos um mandato excelente, com votos de felicidade para esta luta que se avizinha dificil para o Judo Nacional.