Blue Flower

Já são conhecidos os resultados das eleições de ontem, que elegeram os delegados para as Assembleias Gerais da FPJ.

Conheça aqui os eleitos.

Foi lançado, aquando da Taça Internacional Kiyoshi Kobayashi 2016, a edição do Centro Cultural Kobayashi do livro escrito pelo Mestre Kiyoshi Kobayashi, o Pai do Judo Português.

Esta edição, está à venda por 40€, mas a JudoTuga tem 10 livros a preço promocional de 25€ + Portes (5€) para os primeiros 10 emails que nos chegarem (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.) com a intenção de aquisição do livro e com os seguintes dados: Nome completo, Morada de envio, dados de facturação.

Foi aprovado em reunião da direção da FPJ, no passado dia 18 de Outubro de 2016, o novo regulamento de graduações, a entrar em vigor no dia 1 de Janeiro de 2017.

A pergunta que se impõe é a seguinte: Quais são as principais alterações ao regulamento de graduações de 2010, ainda em vigor até ao final deste ano de 2016?

Ao fazer uma breve análise ao documento, constata-se que é na carreira do judoca que estão as principais e REVOLUCIONÁRIAS alterações.

Todos os caminhos do Judo nacional, no próximo dia 29 de Outubro, vão dar ao Pavilhão Municipal do Entroncamento, onde vai decorrer a Taça Internacional Kiyoshi Kobayashi.

Este ano, uma das mais importantes provas do panorama nacional, vai ter "prize money" para os classificados no pódio de cada categoria de peso. O primeiro classificado verá o seu número de vitórias multiplicado por 80€. Já o segundo classificado terá as suas vitórias multiplicadas por 50€, ao passo que os terceiros vão poder multiplicar as suas vitórias por 25€.

Para além deste apelativo, já de si muito aliciante para os competidores, todos os presentes vão poder presenciar uma demonstração realizada por cerca de 300 crianças e jovens no intervalo que antecederá os blocos finais.

Com a garantia de vários atletas internacionais, esta será sem dúvida uma prova muito forte e com muito espectáculo à mistura.

Conhece aqui todo o programa:

No passado dia 3 de Outubro de 2016, quando publicamos o artigo de opinião "Graduações por mérito – O presente envenenado", tivemos por base os dados constantes na plataforma informática da FPJ - Federação Portuguesa de Judo (SIGDJUDO). Os dados por nós recolhidos constavam na referida base de dados, e serviram para afirmarmos que o Mestre Celso Martins tinha passado de 2º para 6º DAN.

Apesar de ressalvarmos que poderia haver um "erro" na graduação atribuída na base da FPJ, afirmamos: